Museu do Futebol realiza curso sobre a relação dos clubes de futebol com lugares históricos de São Paulo

Curso será dividido em cinco módulos com historiadores de Corinthians, Palmeiras, Portuguesa, Santos e São Paulo e transmitido pelo YouTube e Facebook do Museu

Na próxima semana, de 16 a 20 de agosto, sempre às 19h, o Museu do Futebol participa da Jornada do Patrimônio, evento criado pela Secretaria Municipal de Cultura e organizado anualmente pelo Departamento do Patrimônio Histórico. Nesta edição, que tem como objetivo proporcionar reflexões sobre lugares simbólicos que são ou foram suportes das ações dos diversos grupos sociais que compõem a história da cidade, o Museu do Futebol vai oferecer um curso sobre a relação dos principais clubes de futebol com o patrimônio histórica do estado. O Museu do Futebol é uma instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

O curso será oferecido em formato webinário e dividido em cinco módulos –um em cada dia da semana –, que abordarão a relação de Corinthians, Palmeiras, Portuguesa, Santos e São Paulo com o patrimônio histórico edificado (estádios, prédios tombados, igrejas etc.) do estado de São Paulo. Cada módulo contará com um historiador do respectivo time paulista para compartilhar documentos históricos, fotos e outras curiosidades.

Participam como palestrantes Michael Serra, historiador do São Paulo Futebol Clube; Guilherme Nascimento, escritor e historiador do Santos FC; Fernando Galuppo, assessor de comunicação e historiador do S.E.Palmeiras, Fernando Wanner, historiador do Sport Club Corinthians Paulista; e Everton Calício, jornalista, vice-presidente de comunicações da Associação Portuguesa de Desportos.

O conteúdo será transmitido pelo YouTube e Facebook do Museu do Futebol e disponibilizado na plataforma da Jornada do Patrimônio nos dias 21 e 22 de agosto. Haverá emissão de certificado de participação mediante assinatura na lista de presença, que será disponibilizada no chat do YouTube na parte final da transmissão.

Na edição de 2021, predominantemente virtual, o site da Jornada do Patrimônio será o articulador dos encontros e das diversas atividades que ocorrerão ao longo da semana, incluindo um mapa interativo da cidade com possibilidade de acesso por regiões, tipo de evento e outros aspectos da programação.

Confira a programação completa de cada módulo:

16/08: Sport Club Corinthians

  • 1910:  O Time do Povo – A Gênese do Corinthians
  • Mutirão Operário no Bom Retiro – Anarquismo e a Torcida que nascia antes do Time
  • A chegada do Corinthian Football Club em São Paulo e as influências e inspirações com o Time do Povo
  • A Fundação do Sport Club Corinthians Paulista e ideal da popularização do Football

Fernando Wanner – Roteirista e ilustrador de Histórias em Quadrinhos e Graphic Novels. Pesquisador do Sport Club Corinthians Paulista. Curador e artista conceitual do Memorial Corinthians. Idealizador e curador do Museu do Povo da Neo Química Arena.

17/08: Santos Futebol Clube

  • Fundação do Santos Futebol Clube 
  • O impacto do Pacaembu (1940) nos times de Santos 
  • A explosão da torcida santista na Capital nos anos 70 
  • A relação do Santos com o Pacaembu (jogos, títulos, recordes) 

Guilherme Nascimento – Professor na rede pública e privada, é pesquisador e memorialista da história do Santos FC. Fundador da Assophis (Associação de Pesquisadores e Historiadores do Santos FC) (2014). Autor do Almanaque do Santos FC (2013), tem diversas participações em documentários, programas esportivos e mídias impressas e digitais para falar do Santos FC.

18/08: Sociedade Esportiva Palmeiras

  • Presença Italiana em São Paulo
  • Fundação da Società Sportiva Palestra Italia
  • A Sociedade Esportiva Palmeiras e a cidade de São Paulo
  • Do Parque Antarctica ao Allianz Parque

Fernando Razzo Galuppo – Jornalista e historiador da Sociedade Esportiva Palmeiras. Autor dos seguintes livros: “Palmeiras Campeão do Mundo 1951”, “Alma Palestrina” e “Meu Time do Coração”, “Morre Líder, Nasce Campeão!” e “Glórias de um Moleque Travesso”, “Parque dos Sonhos”.

19/08: Associação Portuguesa de Desportos

  • Fundação e auxílio de associações e clubes portugueses
  • Estádio Cesário Ramalho no Cambuci, o início de um sonho adiado
  • Largo de São Bento e treinos no Pq do Ibirapuera, a época de ouro do futebol Rubro-Verde
  • Compra do Canindé (antigo Canindé tricolor)
  • Desenvolvimento e expansão do clube e do estádio de futebol com o Complexo Canindé e sua influência nos bairros do Pari e Canindé

Everton Calício – Jornalista, vice-presidente de comunicações da Associação Portuguesa de Desportos. Pesquisador da história da cidade de São Paulo e da família Matarazzo, participou durante mais de 20 anos de Museu Histórico da Portuguesa e foi conselheiro da Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul, além de participar da Rede de Memória do Esporte.

20/08: São Paulo Futebol Clube

  • Origens, fundação e a Chácara da Floresta
  • Reestabelecimento e peregrinação pela várzea
  • A Mooca, o Canindé e o Pacaembu
  • O Morumbi e a expansão pela zona oeste e sul

Michael Serra – Formado em Ciências Sociais pela Unicamp e jornalismo contemporâneo pela Universidade Mackenzie, é autor da Bíblia do São-Paulino e historiador do São Paulo Futebol Clube desde 2009.

SOBRE O MUSEU DO FUTEBOL

O Museu do Futebol está instalado em uma área de 6,9 mil metros quadrados sob as arquibancadas do Estádio do Pacaembu. É um espaço interativo, lúdico e multimídia, no qual a história do esporte mais popular do Brasil se confunde com a própria história do país. É uma iniciativa do Governo e da Prefeitura de São Paulo, com concepção e realização da Fundação Roberto Marinho. Pertence à rede de museus da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e é gerido pelo IDBrasil, Organização Social de Cultura.

PATROCÍNIO E APOIO

A Temporada 2021 do Museu do Futebol tem o patrocínio do Aché Laboratórios Farmacêuticos, que também patrocina o programa “Museu Amigo do Idoso”. Tem como apoiadores: SporTV/Globo, EMS Farmacêutica, TIVIT, Evonik Brasil, Pinheiro Neto Advogados, Ministério do Turismo e Governo Federal, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. A Rádio CBN, UOL, Revista Piauí, Gazeta Esportiva e Guia da Semana são seus parceiros de mídia. O IDBrasil Cultura, Educação e Esporte é a organização social responsável pela sua gestão.

A exposição temporária “Tempo de Reação – 100 anos do goleiro Barbosa” conta com patrocínio do SporTV, e com apoio da EMS Farmacêutica por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Tem como parceiro a Poker Esportes e consultoria de conteúdo do Observatório da Discriminação Racial no Futebol, Coletivo Pretaria e Malik Esporte e Cultura.