Cirurgião-dentista especializado no atendimento a pacientes oncológicos, idosos, pediátricos com necessidades específicas e acamados comenta movimento de retorno destes pacientes após vacinação contra Covid-19

Após praticamente 2 anos de pandemia da Covid-19 no Brasil, com campanhas de vacinação em massa se efetuando nos últimos meses, acontece agora um nítido movimento de retomada das consultas odontológicas pelas pessoas que demandam necessidades específicas de atendimento. Esta percepção é do Dr. Thomaz Regazi, cirurgião-dentista especializado em pacientes oncológicos, idosos, pediátricos com necessidades especiais e acamados.

“Desde o início do ano, houve uma demanda reprimida de pacientes em geral voltando aos dentistas, após mais de um ano sem pisarem em um consultório. No momento, noto o retorno dos meus pacientes, em sua grande maioria pessoas com necessidades específicas de atendimento por serem idosos, enfrentarem tratamentos contra o câncer, crianças com TEA (transtorno do espectro autista), com trissomia do cromossomo 21 (síndrome de Down), entre outras questões. 

Muito importante para a saúde como um todo, as consultas de avaliação da saúde bucal infelizmente tiveram de ser deixadas de lado pelas pessoas durante as fases mais graves da pandemia no país, especialmente por aquelas com sistema imunológico comprometido ou consideradas de maior risco. Entre elas estão os idosos e pacientes internados ou acamados, que demandam cuidados especializados. Como dentista cadastrado em hospitais de referência na cidade de São Paulo, o Dr. Regazi atende com frequência pacientes transplantados, em UTIs, e que apresentam necessidade imediata de atendimento odontológico, inclusive de cirurgias dentais.

Com a pandemia, muitos pacientes destes grupos de risco deixaram de procurar o dentista, com receio da Covid-19. “Infelizmente, a demora no atendimento pode levá-los a quadros graves, pois os dentes, que são órgãos internos e externos, ao mesmo tempo que são fundamentais para a mastigação e deglutição, são portas de entrada para bactérias, que podem causar doenças periodontais. Em pacientes com a saúde vulnerável, estas doenças podem rapidamente levar a doenças mais sérias e até a óbito”, lamenta o profissional.

Sobre o Dr. Thomaz Regazi – O Dr. Regazi é especializado no atendimento odontológico a pessoas com diferentes necessidades específicas de atendimento — pacientes oncológicos, idosos, pediátricos e acamados. Ele atende pacientes internados em hospitais de referência na cidade de São Paulo e também em seu consultório, localizado no bairro de Perdizes. O cirurgião-dentista é formado pela Universidade Nove de Julho – São Paulo, Pós Graduado em Saúde Pública pela UniBF, Mestrando em Odontologia pela UNIARARAS, Membro da CBROHI – Colégio Brasileiro de Odontologia Hospitalar e Intensiva, Especializando em Odontologia Hospitalar no Albert Einstein Instituto, Especializando em Pacientes com Necessidades Especiais pela UniBF e Pós Graduando em Cannabis Medicinal pela Inspirali.