Venezuela auxiliará diálogos entre o governo da Colômbia e FARC

Venezuela auxiliará diálogos entre o governo da Colômbia e FARC

17 de julho de 2023

 

O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, anunciou nesta segunda-feira que a Venezuela será o país avalista na negociação com a FARC.

“O território colombiano sempre esteve disposto ao diálogo, aliás a Venezuela é a fiadora dos dois processos de paz que estão ocorrendo e tem sido um espaço territorial de diálogo”, disse Petro, de Bruxelas, onde participará da CELAC.

Desta forma, o presidente fez referência à mesa de negociações que está a decorrer com o Exército de Libertação Nacional (ELN) e à anunciada em março com o EMC.

Num comunicado conjunto emitido a 8 de julho pelo gabinete do Alto Comissariado para a Paz e pela EMC, as partes afirmaram que “na instalação da Mesa de Diálogo de Paz, as partes irão discutir e aprovar o cessar-fogo bilateral e temporário nacional”.

Na semana passada, o presidente Petro emitiu uma resolução formalizando a sua equipe negociadora para estas conversações, que inclui políticos, empresários, ex-combatentes e altos comandantes militares reformados e será liderada por Camilo González Posso, presidente do Instituto para o Desenvolvimento e a Paz (Indepaz).

“Terá como objetivo obter soluções para o conflito armado, alcançar a aplicação efetiva do Direito Internacional Humanitário, o respeito aos direitos humanos, a cessação das hostilidades e o pacto de acordos de paz tendentes a facilitar o desarmamento e a desmobilização do autodenominado Centro Estado-Maior das Farc-EP”, acrescentou o comunicado.

O governo também pediu ao Ministério Público da Colômbia que suspenda os mandados de prisão dos guerrilheiros que farão parte da negociação.

O objetivo do presidente colombiano é conseguir a paz no país, por meio de negociações com os diferentes grupos armados que estão envolvidos, há várias décadas, em um conflito que deixou milhares de vítimas.

Fontes[editar | editar código-fonte]
 

Venezuela auxiliará diálogos entre o governo da Colômbia e FARC


@zipcms | Social Content


Publicado

em

por

Tags: