[wpdts-date-time]

[spt-posts-ticker]

Senado dos EUA dá aprovação final ao acordo do teto da dívida

Senado dos EUA dá aprovação final ao acordo do teto da dívida

2 de junho de 2023

 

O Senado dos EUA aprovou por 63 votos a 36 uma medida que permitiria ao país evitar a inadimplência de suas dívidas. Os Estados Unidos estavam a caminho de ficar sem dinheiro em quatro dias. A legislação agora vai para o presidente Joe Biden para sua assinatura.

“Esta noite, os senadores de ambos os partidos votaram para proteger nosso progresso econômico duramente conquistado e evitar o primeiro calote dos EUA”, disse Biden em um comunicado.

A Câmara dos Representantes votou na noite de quarta-feira, aprovando a medida, para permitir que o governo continue tomando mais dinheiro emprestado no próximo ano e meio para cumprir suas obrigações financeiras, ultrapassando o limite da dívida atual de 31,4 trilhões de dólares.

A legislação não estabelece um novo teto monetário, mas a permissão de empréstimo se estenderia até 2 de janeiro de 2025, dois meses após a eleição presidencial do ano que vem.

Além disso, a legislação exige manter a maior parte dos gastos federais nos níveis atuais no ano fiscal que começa em outubro, com um aumento de 1% nos próximos 12 meses. “A responsabilidade dos Estados Unidos é aprová-la”, disse o líder do Senado, o democrata Dick Durbin, a repórteres.

Tanto o líder da maioria democrata no Senado, Chuck Schumer, quanto o líder republicano no Senado, Mitch McConnell, apoiaram a suspensão do limite da dívida e pediram a aprovação rápida da legislação.

Schumer disse ao Senado: “Tempo é um luxo que o Senado não tem se quisermos evitar a inadimplência”. A Câmara aprovou a legislação por 314 votos a 117, apesar das objeções de alguns republicanos, que disseram que não foi longe o suficiente para cortar gastos, e de democratas, que disseram que cortou demais.

Setenta e um do partido republicano majoritário na Câmara votaram contra o projeto, assim como 46 democratas.

Notícia relacionada[editar | editar código-fonte]
“Acordo sobre teto da dívida dos EUA é aprovada na Câmara dos Representantes”, Wikinotícias, 1 de junho de 2023.Fontes[editar | editar código-fonte]
 

Senado dos EUA dá aprovação final ao acordo do teto da dívida


@zipcms | Social Content


Publicado

em

por

Tags: